Senadores vão contra o presidente do Senado e acreditam que CPI da Covid deve ser instalada

Os senadores Alessandro Vieira e Jorge Kajuru acreditam que Rodrigo Pacheco se omite sobre decisão

Por: Maria de Toledo Leite | 08 abril - 19:17

Nesta quinta-feira (8), os senadores Alessandro Vieira e Jorge Kajuru, os dois do partido Cidadania, apresentaram uma resposta ao Senado sobre a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19.

No último dia 15 de março, quinta-feira, Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, recusou a instalação da CPI para investigar as omissões do governo na condução da pandemia da Covid-19.

Foto: José Cruz/Agência Brasil[/caption]

Vieira e Kajuru acionaram o Supremo Tribunal Federal (STF) para que a CPI fosse criada imediatamente, com o objetivo de apurar a conduta do governo federal em relação à pandemia do coronavírus. O documento foi protocolado ainda no mês de fevereiro e já tem quatro assinaturas a mais do que a quantidade exigida, tendo alcaçado 31 no total.

Rodrigo Pacheco respondeu ao STF, dizendo que a Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 pode causar consequências negativas, tendo o efeito contrário do que o desejado. Segundo ele, a criação da CPI pode gerar um clima de desconfiança da população em relação às autoridades e promover reações inesperadas.

No entanto, os senadores enxergam que Pacheco está se omitindo “em deliberada inércia”, o que, segundo eles, poderia ser considerado abuso legislativo.

Outros senadores também se pronunciaram sobre o assunto.

CPI

Na quinta-feira, dia 2 de março, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou um pedido para que a Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid fosse instalada. O objetivo dela é investigar e acompanhar a gestão e omissões do governo federal no combate ao coronavírus.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Senador pressiona Pacheco e cobra a criação de uma Campanha de conscientização da sociedade sobre a vacina 

Ex-presidente da Anvisa critica projeto para que empresas comprem vacinas

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você