Senador diz sobre Bolsonaro: “O problema dele é médico. É psiquiátrico, não é um problema político”

O ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati, viu possibilidade de impeachment do presidente

Por: Larissa Placca | 31 março - 21:36

Nesta quarta-feira (30), o senador e ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati se posicionou sobre a gestão do presidente Bolsonaro (sem partido).

“Sempre disse que era contra o impeachment a medida em que nós tínhamos uma certa expectativa que as coisas pudessem mudar em função do agravamento da crise”, explicou no Programa no Manhattan Connection desta noite.

O senador e ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati em sessão;

O senador e ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati em sessão; Foto: Agência Brasil/Divulgação

Hoje ele admite o impeachment como uma alternativa aceitável diante do cenário atual do Brasil. “Perdi completamente a expectativa na regeneração do Bolsonaro. Tenho dúvida até sobre seu equilíbrio mental”, disse.

O senador comentou na entrevista sobre as mudanças ministeriais inesperada e afirmou que trata-se de distúrbios na saúde mental do presidente. “Mesmo com essas mudanças, o presidente Bolsonaro não tem jeito. O problema dele é médico. É psiquiátrico, não é um problema político”, explicou.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Ministério da Defesa define novos comandantes das Forças Armadas

Ministro da Educação defende veto no projeto que garantia internet a alunos e professores

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você