Queiroga assume ministério da Saúde em cerimônia discreta

Bolsonaro deu posse ao Queiroga em evento pequeno com portas fechadas

Por: Bianca Antunes | 23 março - 13:42

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deu posse nesta terça-feira (23) para o médico Marcelo Queiroga como novo ministro da Saúde. Ele assume o comando da pasta no lugar do general Eduardo Pazuello em meio ao momento mais delicado da pandemia no país.

A cerimônia no Palácio do Planalto foi discreta, com portas fechadas, e não constava na agenda do presidente. A nomeação de Queiroga ainda precisa ser publicada no “Diário Oficial da União” para ser oficializada.

Foto: Divulgação/Agência Brasil

O próprio Queiroga vinha dizendo que não gostaria de uma cerimônia grandiosa, pois poderia gerar críticas pela aglomeração no pior momento de contaminações do país. A formalização de sua nomeação surpreendeu até líderes partidários por ter sido planejada para quinta-feira (25).

Novo comando do Ministério da Saúde

Na última terça-feira (16), o médico afirmou que é preciso da união da nação para enfrentar a nova onda da pandemia no Brasil. Em pronunciamento, Queiroga ainda defendeu o SUS (Sistema Único de Saúde) e a importância de evidências científicas em futuras ações.

Apesar disso, o novo ministro sinalizou que dará continuidade no estilo de gestão de Pazuello, que vem sendo amplamente criticado por suas medidas ineficazes de enfrentamento da pandemia, entre essas, a indicação de medicamentos sem comprovação científica de eficácia.

LEIA TAMBÉM:

Queiroga cita distanciamento social como estratégia a curto prazo no combate ao coronavírus

Bolsonaro afirma que gestão de Queiroga será voltada para “a questão da medicina”

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você