Processo contra Flordelis continua, após relator negar defesa

Deputada federal chorou e alegou inocência, durante reunião

Por: Murilo Amaral Feijó | 16 março - 19:10

O deputado federal Alexandre Leite (DEM-SP), relator do processo contra a deputada Flordelis (PSD-RJ), negou o pedido de defesa da deputada, nesta terça-feira (16), durante reunião do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

Flordelis é acusada de ser mandante do assassinato do marido Anderson do Carmo, em junho de 2019, e responde a processo por quebra de decoro parlamentar.

Deputada Flordelis chorando

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Através de videoconferência, a deputada se declarou inocente, afirmou que existe um erro na conclusão das investigações da morte do marido e que não poderia ser julgada antes que a investigação seja concluída. A defesa argumenta que a filha biológica de Flordelis, Simone dos Santos, admitiu que entregou dinheiro para que sua irmã, Marzy Teixeira, matasse o pastor Anderson do Carmo, que estaria assediando Simone.

Durante a reunião, a deputada disse: “Eu, Flordelis, sou inocente. Eu não matei o meu marido, não participei de nenhum ato de conspiração contra a vida de um homem que foi meu companheiro por mais de 20 anos”.

Por fim, o relator rejeitou a defesa e alegou que os processos elaborados pela Mesa Diretora – no caso, a representação contra Flordelis – não precisam passar pela fase de admissibilidade no Conselho de Ética, segundo apuração da Agência Brasil. Agora, Alexandre Leite deve buscar ações para defender seu parecer, no prazo de 40 dias úteis.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Deputados aprovam texto-base de MP que isenta moradores do Amapá do pagamento da conta de luz

FHC diz que Lula “tem jeito para a coisa” sobre 2022

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você