Primeira reunião da CPI da Covid deve ser realizada na próxima semana

Agora, para dar início à Comissão é necessário marcar a data da primeira reunião

Por: Murilo Amaral Feijó | 15 abril - 18:02

Nesta quinta-feira (15), o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), anunciou a relação de senadores que vão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Esse era o último obstáculo para oficializar a instalação da CPI.

Para dar início à abertura da Comissão, o senador Otto Alencar (PSD-BA) deve marcar a data da primeira reunião de instalação do colegiado.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) em sessão plenária.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) em sessão plenária. Foto: Agência Brasil/Divulgação

Na instalação, serão escolhidos o presidente, vice-presidente e relator da CPI. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) deveria ser indicado como presidente, através da tradição parlamentar de dar a presidência ao primeiro autor do requerimento de abertura da Comissão. Porém, Randolfe já manifestou que não forçará uma disputa pelo cargo.

Em entrevista coletiva, o senador Randolfe afirmou: “O senador Otto Alencar afirmou que está pronto. Temos um feriado no meio da semana que vem, acho razoável fazer na próxima quinta-feira a instalação da comissão”. Na próxima segunda (19) e terça-feira (20), já estão marcadas sessões no Congresso Nacional. Na quarta-feira (21), por ser feriado de Tiradentes, o Senado não terá atividades.

Pacheco, em entrevista, afirmou que a primeira reunião deve ser realizada de forma presencial.

*Com informações da Agência Brasil

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Diretor-geral da PF pode substituir chefe da corporação no Amazonas, após denúncia contra Salles

STF determina que governo federal reintegre famílias excluídas do Bolsa Família

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você