Prefeito de Curitiba retira previsão de multa sobre doação de alimento a sem-teto

Pela proposta inicial, quem distribuísse alimentos sem autorização poderia ser multado de R$ 150 a R$ 550

Por: Marina Correa de Genaro | 06 abril - 13:56

Foi divulgado nesta terça-feira (6), pelo prefeito Rafael Greca (DEM), que foi encaminhado à Câmara Municipal de Curitiba uma alteração para retirar a previsão de multa a quem distribuir comida aos sem-teto sem autorização prévia da prefeitura, que estava prevista no projeto original que institui o Mesa Solidária.

De acordo com a proposta inicial, quem distribuísse alimentos em desacordo com os horários, datas e locais autorizados pelo município de Curitiba, poderia ser multado de R$ 150 a R$ 550, após advertência.

Prefeito de Curitiba, Rafael Greca

Foto: Reprodução/Prefeitura de Curitiba

Segundo o prefeito, “isto não interessa quando a saúde tem pressa.”. Em suas redes sociais, Rafael Greca já tinha dito que o projeto teria sido mal interpretado.

O projeto gerou grandes reações de várias instituições que distribuem comida aos sem-teto. Em documento da Federação do Terceiro Setor do Estado do Paraná, pedindo a suspensão do projeto, a Fetespar também solicitava que a proposta fosse discutida com todos os envolvidos.

Para a federação, se não fosse a ajuda das organizações sociais, os sem-teto seriam cada vez mais invisíveis pelo poder público.

O prefeito disse também que o objetivo agora é conquistar apoio de todos os que fazem o trabalho solidário em Curitiba.

LEIA MAIS

Justiça derruba liminar e liberar as aulas presenciais no Rio de Janeiro

Covid-19: SP bate novamente recorde de óbitos pela doença em 24h

Preço dos alimentos sobe pelo 9º mês seguido; entenda porque isso ainda acontece

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: