Portaria prevê incentivo federal para ações de apoio à gestantes e puérperas na pandemia

R$ 247 milhões serão destinados, por meio do FNS (Fundo Nacional de Saúde) aos fundos municipais e Distrital de Saúde

Por: Bianca Antunes | 19 abril - 14:45

Nesta segunda-feira (19), foi publicada no Diário Oficial da União uma portaria do Ministério da Saúde que prevê incentivo federal para desenvolvimentos de ações estratégicas de apoio à gestação, pré-natal e puerpério.

Os recursos serão aplicados com enfoque na pandemia do coronavírus, para identificar e monitorar gestantes e puérperas com síndrome gripal, síndrome respiratória aguda grave ou com suspeita ou confirmação de covid-19.

Morte de grávidas por Covid-19 mais que dobra, segundo pesquisa

Foto: Reprodução/Pixabay

Segundo a pasta, R$ 247 milhões serão destinados, por meio do FNS (Fundo Nacional de Saúde) aos fundos municipais e Distrital de Saúde. O valor será distribuído de modo automático e em uma única parcela.

A verba também será investida na qualificação das ações de atenção ao pré-natal odontológico e na garantia do cuidado das gestantes e puérperas em todos os pontos da Rede de Atenção à Saúde.

Os recursos ainda vão fomentar suporte ao distanciamento social para gestantes e puérperas que não possuam condições para realização de isolamento domiciliar e realização de testagem para detectar a covid-19.

Além disso, a portaria prevê que o auxílio extraordinário possa fomentar a realização dos exames preconizados pela Rede Cegonha até a 20ª semana de gestação. Os recursos são de utilização das Casas de Gestante, Bebê e Puérpera.

LEIA MAIS:

Nova lei autoriza que teste de paternidade seja feito em parentes próximos do suposto pai

Se possível, Ministério da Saúde pede que mulheres adiem gravidez até melhora da pandemia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você