Paulo Guedes faz “convocação” para setor privado comprar vacinas

Lei atual diz que SUS deve receber 100% das doses de vacinas

Por: Maria de Toledo Leite | 25 março - 19:22

Depois de reunião nesta quinta-feira (25), o ministro da Economia, Paulo Guedes, convocou o setor empresarial para que comprasse vacinas contra a Covid. O objetivo desse chamado é acelerar a imunização da população brasileira.

Segundo Guedes, o setor privado pode impactar muito no processo, talvez até dobrar a quantidade de vacinas contratadas pelo governo. Os empresários presentes na reunião que aconteceu préviamente, Hang e Wizard, disseram que querem doar 10 milhões de vacinas ao Ministério da Saúde, se puderem vacinar seus próprios funcionários.

Guedes pede vacinação de trabalhadores informais e alerta para impacto na economia em abril

Profissional da saúde segurando frasco de vacina

Foto: Alejandra De Lucca V./Minsal

Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, disse que se os empresários comprassem a vacina e doassem para os funcionários, a quantidade de pessoas esperando no SUS diminuiria. O empresário não soube responder sobre a origem das vacinas e não explicou quantas das vacinas doadas seriam usadas na vacinação dos próprios funcionários ou se a doação está condicionada a isso.

A lei atual obriga que 100% das vacinas contra Covid sejam doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Isso será válido até todos os membros do grupo prioritário sejam imunizados, que corresponde a cerca de 77 milhões de brasileiros, segundo o Ministério da Saúde.

O objetivo de Hang e Wizard é alterar essa lei. Os empresários já se reuniram com o presidente da Câmara, Arthur Lira, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, com o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins e devem se reunir nesta sexta-feira (26) com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Porém, a possível mudança ainda não foi divulgada.

Em janeiro, o governo federal negou a autorização de compra de vacinas para uso privado aos empresários. O ministro da Economia, não disse se a pasta apoia a flexibilização da exigência de doação ao SUS ou não.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Número de mortes por covid no Brasil ‘ultrapassou limite do bom senso’, diz Mourão

‘Deveríamos estar comprando vacina desde a época do Mandetta’, diz Guedes; ex-ministro rebate

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você