Pacheco leva pedidos e reinvindicações de governadores a Bolsonaro

Reunião do comitê anti-covid acontecerá na segunda-feira (29)

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 26 março - 15:13

Nesta sexta-feira (26) o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) disse após reunião com governadores, que irá levar as reivindicações pontuadas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e aos demais membros do comitê criado no dia 24 para coordenar as ações de combate à pandemia.

Os governadores dos estados estão pedindo para serem ouvidos, reivindicam coordenação nacional em relação a insumos, vacinação e leitos. Além de ajuda financeira urgente às pessoas e aos Estados. 

Presidente do Senado

Foto: Reprodução/Agência Brasil

“Segunda-feira teremos a primeira reunião para materializar o trabalho. Vou levar as reivindicações dos governadores, que precisam ser ouvidos e ser chamados para falar sobre os problemas dos Estados como insumo, sedação, oxigênio, leitos, vacinação. Eles pedem uniformização para faixas etárias entre Estados. São reivindicações justas e básicas, mas precisa sentar e conversar.” Afirmou o presidente do Senado. 

Em véspera de reunião com Bolsonaro, Pacheco diz que busca união nacional para enfrentar a pandemia

Pacheco falou ainda do seu encontro com o presidente nesta sexta-feira na residência oficial do Senado. Após a reunião com os governadores, o presidente pregou a união entre os Poderes. 

“Falamos por telefone logo cedo e o presidente disse que queria fazer uma visita de cortesia à residência do Senado. Passei a ele os pontos dos governadores, ajustamos a reunião do comitê para segunda […] O único caminho que temos agora é o da união, essa união será um grande exemplo para a sociedade que estamos buscando.”

Comitê anti-covid

No dia 24 o presidente anunciou a criação do comitê com o congresso, para definir medidas de combate ao novo coronavírus no país. Segundo Bolsonaro, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), é o responsável por encaminhar ao comitê as principais demandas dos governadores.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), alegou um dia após o anúncio do comitê que o estado não está representado no grupo, e afirmou não ter sido convidado para tal.

LEIA MAIS

Pacheco diz que Ministério das Relações Exteriores precisa de mudança

Após Pacheco negar CPI, Bolsonaro se reunirá com líderes para debater os rumos da Pandemia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você