Pacheco diz que Ministério das Relações Exteriores precisa de mudança

Ele afirma, após encontro com Ernesto Araújo, "o que ficou claro é que temos que mudar a política externa"

Por: Larissa Placca | 25 março - 20:42

O presidente do senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (25), que existe uma necessidade de mudança no Ministério das Relações Exteriores do Brasil, hoje comandado por Ernesto Araújo.

Após Pazuello, Congresso pressiona saída de Ernesto Araújo

Pacheco ainda disse que o “sinal amarelo” acionado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em sessão nesta quarta-feira (24) foi uma expressão de insatisfação legítima com relação às ações do governo no combate à pandemia. Leia a matéria completa.

O presidente do senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), em coletiva de imprensa;

O presidente do senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), em coletiva de imprensa; Foto: Agência Brasil/Divulgação

Pacheco se reuniu, nesta quarta-feira (25) com diversas autoridades para definir e alinhar estratégias políticas de combate à pandemia. Dentre os presentes, com o Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, para discutir sobre a compra de vacina contra a covid no mercado externo.

Sobre este encontro, “O que ficou claro é que temos que mudar a política externa, agir com maior diplomacia e representatividade externa”, disse o senador.

Reunião de Bolsonaro sobre a Pandemia é para foto e manchete, diz Governador

Bolsonaro anuncia criação de comitê anti-Covid

Por que Parlamentares pedem a saída de Ernesto?

Parlamentares afirmam que a mudança seria para que o Brasil consiga restabelecer boas relações com a China e EUA durante as negociações por insumos e vacinas.

Após a reunião, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), anunciou a criação de um comitê em parceria com o Congresso, para definir medidas de combate ao novo coronavírus no país. “A ação nasce da necessidade de se tomar medidas no ambiente crítico que estamos com, por exemplo, falta de oxigênio, medicação e vacinação em massa”, afirmou Pacheco.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Paulo Guedes faz “convocação” para setor privado comprar vacinas

Bolsonaro critica medidas restritivas de estados e diz que “desemprego parte de quem pratica lockdown”

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você