Os partidos do Centrão e da centro-direita são os que mais promovem pautas prejudiciais à sustentabilidade; Veja quais são:

Mais de 800 projetos sobre meio ambiente apresentados entre 2019 e 2020 no Congresso Nacional foram analisados

Por: Larissa Placca | 01 abril - 21:00

Uma análise aponta que os partidos do Centrão e da centro-direita são os que mais promovem pautas prejudiciais à sustentabilidade. Dentre eles, destacam-se na maioria o PP, PSL, Republicanos e PSD.

Mais de 800 projetos sobre meio ambiente apresentados entre 2019 e 2020 no Congresso Nacional foram analisados. O levantamento foi feito por organizações do GT Socioambiental da Rede de Advocacy Colaborativo, através de dados do Painel Parlamento Socioambiental a partir da plataforma parlametria.

Plenário da Câmara dos Deputados

Plenário da Câmara dos Deputados; Foto: Agência Brasil/Divulgação

Os partidos de oposição, por sua vez, são os mais defensivos da agenda de meio ambiente e da legislação ambiental em 2019 e 2020.

Contudo, para aprovar uma pauta positiva para a pasta do meio ambiente ou barrar projetos prejudiciais para os ambientalistas, a oposição deverá buscar apoio junto aos partidos de inclinação independente ou governistas moderados.

Esses apresentam uma tendência a apoiar as pautas da sustentabilidade, por exemplo, os partidos de centro-esquerda e esquerda. São eles: PV, PT e PSB.

Atuaram de maneira individual Fred Costa (Patriota/MG) e Alexandre Frota (PSDB/SP), bem como o senador Veneziano Vital do Rego (MDB/PB).

Quais são os Partidos da Oposição de Bolsonaro?

Em regimes multipartidários, a cada eleição, os partidos dividem-se em partidos de situação, oposição e independentes. Analisando o Governo Bolsonaro, podemos definir cerca de oito partidos de oposição. São eles: PT, PSB, PDT, Psol, PCdoB, Rede, PV e Unidade Popular.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Deputado estadual que “proibiu o uso de máscaras” em seu gabinete é internado por 3 dias em UTI com covid-19

OMS diz que Brasil está em ‘situação crítica’ da pandemia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você