Ministério da Saúde “ainda não está dentro do padrão desejado”, diz Doria

A declaração foi feita em um evento no Instituto Butantan na manhã desta quarta-feira (31)

Por: Caroline Ripani | 31 março - 12:49

Nesta quarta-feira (31), o governador do estado de São Paulo, João Doria, afirmou que o Ministério da Saúde “ainda não está dentro do padrão desejado de apoio aos governos estaduais”. A declaração foi feita em um evento no Instituto Butantan na manhã de hoje.

A principal demanda dos governos estaduais é a reabilitação dos leitos que foram desabilitados no final de 2020. Medida que motivou disputa judicial pelo refinanciamento de vagas em unidades de terapia intensivas (UTIs), para pacientes do novo coronavírus.

João Doria, governador do estado de São Paulo em coletiva

Foto: Divulgação/Sergio Andrade/Governo do Estado de São Paulo

De acordo com Doria, apesar do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ter demonstrado boa vontade no combate à pandemia de covid-19, o corpo técnico não corresponde às expectativas difundidas pelo ministro.

O governador declarou que ” o ministro tem demonstrado boa vontade – e eu reconheço -, tem demonstrado um discurso assertivo em relação ao uso de máscaras, ao distanciamento social e às medidas necessárias. Mas agora é preciso que o seu ministério corresponda ao discurso do ministro. O ministério precisa agir como promete o seu novo ministro”.

Na manhã de hoje, foram liberadas mais de 3,4 milhões de doses da vacina Coronavac pelo Butantan ao Ministério da Saúde, totalizando 36,2 milhões de doses entregues desde janeiro deste ano.

*Com informações da Agência Estado.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Estado de SP vacinou mais de 6 milhões de pessoas contra Covid

Doria se muda para Palácio dos Bandeirantes após sofrer ameaças

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você