Manifestação no Planalto culpa Bolsonaro pelas mortes da covid-19

Em uma faixa estendida, a mensagem: "300 mil mortes. A culpa é sua, Bolsonaro"

Por: Larissa Placca | 27 março - 16:38

O Partido dos Trabalhadores (PT) e membros de movimentos sociais fizeram um ato nesta sexta-feira (26) culpabilizando o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelas mortes pela covid-19.

A manifestação aconteceu em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília.

Ato na frente do Planaldo na sexta-feira (26/3)

Ato na frente do Planalto na sexta-feira (26/3); Foto: Agência Brasil/Divulgação

Nesta quarta-feira (24) o Brasil chegou ao número de 300 mil mortes registradas pela covid-19, um ano e sete dias após a primeira morte pela doença no Brasil. O país já corresponde por 11% das mortes por covid-19 no mundo, tendo apenas 2,7% de sua população.

Durante o ato, carregando cruzes, faixas e cartazes, os manifestantes culparam Bolsonaro pela marca de mortos pela doença no país.

Em uma faixa estendida, a mensagem: “300 mil mortes. A culpa é sua, Bolsonaro”.

O Planalto não se pronunciou sobre o movimento.

Bolsonaro e a Pandemia

Ainda nesta semana (22/3), o presidente afirmou “sempre disse que temos que nos preocupar com vidas, sim, mas também com emprego”.

‘Parece que só no Brasil está morrendo gente’, diz Bolsonaro

Também nesta semana (23/03) Bolsonaro afirma em pronunciamento que as vacinas estão garantidas. Confira a reportagem. Bolsonaro foi criticado por mover ação contra Governadores e Prefeitos que declararam ‘lockdown’.

Bolsonaro fala sobre lockdowns nos estados: “Está chegando ao fim esse sofrimento”

Bolsonaro diz que desemprego “parte diretamente de quem pratica o lockdown”

Porem, o STF negou o pedido de Bolsonaro para impedir medidas restritivas dm RS, BA E DF. Leia a matéria completa da Metropolitana. Senadores também pressionaram o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para instaurar uma CPI da Pandemia.

O que é uma CPI:

Comissão Parlamentar de Inquérito é uma investigação conduzida pelo Poder Legislativo, que transforma a própria casa parlamentar em comissão para ouvir depoimentos e tomar informações diretamente, quase sempre atendendo a reclamações do povo.

A CPI da Pandemia investigaria crimes governamentais na atuação da Pandemia. Leia mais.

Após Pacheco negar CPI, Bolsonaro se reunirá com líderes para debater os rumos da Pandemia

Nesta reunião, na quarta-feira (24/3), na qual estavam presentes governadores, presidentes da Câmara, Senado e STF, e autoridades, defendeu-se “graus de isolamento”. Leia a matéria.

Após reunião, Bolsonaro criou comitê anti-Covid.

Segundo Bolsonaro, agora caberá ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), levar ao comitê as principais demandas dos governadores.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Ajufe apresenta análise sobre PL que altera Lei de Improbidade Administrativa (LIA)

São Paulo abre audiência pública eletrônica do orçamento 2022

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você