Hélio Magalhães renunciou ao cargo de presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil

O motivo do desligamento, segundo ele, teria sido a interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na instituição

Por: Larissa Placca | 01 abril - 22:27

Hélio Magalhães renunciou, nesta quinta-feira (1), ao cargo de presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil.

Vice-presidentes do BB estão ‘desconfortáveis’ com a decisão de Bolsonaro; Entenda o caso:

Hélio foi indicado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O motivo do desligamento, segundo ele, teria sido a interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na instituição. Recentemente, Bolsonaro indicou um novo presidente e integrantes do colegiado.

Hélio Magalhães

Hélio Magalhães; Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação

Além de Magalhães, outro conselheiro, José Guimarães Monforte, também pediu demissão cargo. Monforte também foi indicado por Guedes. Segundo comunicado do banco, eles vão deixar os cargos oficialmente nesta sexta-feira (2).

Em sua carta de renúncia, Magalhães critica a interferência de Bolsonaro indicando o administrador Fausto de Andrade Ribeiro como novo presidente. No início no mês de março, o presidente do Banco do Brasil (BB), André Brandão, anunciou a saída do cargo.

Segundo ele, Ribeiro não passou pelo crivo do Conselho de Administração.

“Como exemplo, cito as interferências externas na execução do plano de eficiência da companhia aprovado por este conselho e obviamente necessário para adequá-la aos novos tempos e desafios do setor. Ato contínuo, renovo meu protesto ao rito de escolha do novo presidente do banco, o qual simplesmente não considera o desejável crivo deste conselho, vez que baseado em legislação anacrônica e contrária às melhores práticas de governança em nível global.”, escreveu.

A carta de renúncia de Monforte não foi divulgada, porém, executivos do banco afirmam que ele estaria deixando a instituição pelos mesmos motivos de Magalhães.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Deputado estadual que “proibiu o uso de máscaras” em seu gabinete é internado por 3 dias em UTI com covid-19

OMS diz que Brasil está em ‘situação crítica’ da pandemia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você