Gerente de Recursos Humanos da Petrobras é demitido nesta segunda-feira

A empresa não informou o motivo da demissão. Pedro Barcante assumirá o cargo internamente

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 29 março - 17:48

Nesta segunda-feira (29) a Petrobras demitiu o gerente de Recursos Humanos, Cláudio Costa. Ele estava no cargo desde 2019, quando o presidente da companhia, Roberto Castello Branco assumiu a gestão. A Petrobras não se pronunciou quanto ao motivo da demissão. 

A empresa afirmou apenas, através de sua assessoria de imprensa, que quem ocupará o cargo, interinamente, é Pedro Barcante, chefe do gabinete da presidência.

Sede da Petrobras

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Costa entrou na Petrobras para implementar o projeto de gestão da força de trabalho planejado por Castello Branco e deixa a empresa petroleira antes do presidente, que só deixará o cargo após o general Joaquim Silva e Luna, seu sucessor, assumir o controle da estatal. 

O antigo gerente tomou algumas medidas polêmicas, entre elas está a transformação do plano de saúde (AMS – Assistência Multidisciplinar de Saúde) em uma associação. A expectativa é que, com a mudança, a contribuição da empresa diminua e os empregados comecem a pagar mais pelo plano. 

Petrobras reduz preço de gasolina e diesel nas refinarias em R$ 0,11 por litro

Na sua gestão, o regime de pagamento também sofreu alterações. Os pagamentos extras pagos a funcionários, em retribuição de avanços conquistados na empresa, passaram a ter maior foco nas finanças e não nas operações. 

LEIA MAIS

Sem concorrência? Entenda porque a Petrobrás é um monopólio na produção de combustível

Após mudanças, Membros do Conselho deixam a Petrobrás

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você