Em novo trecho de áudio, Bolsonaro xinga e ameaça agredir senador Randolfe Rodrigues

Outro trecho da ligação gravado pelo senador Jorge Kajuru havia sido divulgado ontem

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 12 abril - 13:11

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou nesta segunda-feira (12) um novo trecho do áudio de uma conversa com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a CPI da covid. Na nova parte divulgada, o presidente xinga o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e ameaça agredi-lo. 

Bolsonaro acusou Barroso de fazer politicagem com a esquerda ao definir que o Senado deve instaurar a CPI da Pandemia

O senador foi o responsável pelo requerimento da instalação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), que tem como intuito apurar possíveis omissões do governo federal no combate à pandemia de coronavírus. 

Em uma postagem em suas redes sociais, Randolfe disse que não vai se intimidar com a ameaça de Bolsonaro e que a “violência costuma ser uma saída para os covardes que têm muito a esconder.” 

No domingo (11) Kajuru divulgou, um primeiro trecho da conversa que teve com Bolsonaro pelo telefone, que foi gravada por ele mesmo. Segundo Kajuru, ele havia avisado o presidente de que estaria gravando a ligação antes de divulgar o áudio, o presidente não se opôs. 

Em uma entrevista nesta segunda, para a rádio Bandeirantes, o senador reproduziu o novo trecho do áudio mais de uma vez, na qual afirma que não participará da CPI caso a apuração seja, segundo ele, “revanchista”. Bolsonaro, então, disse:

“Mas se você não participa, daí a canalhada lá do Randolfe Rodrigues vai participar. E vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desse.”  

CPI da Covid-19

No dia 8 de abril, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o Senado instale a CPI covid. Desde então, Bolsonaro e aliados do governo estão trabalhando para que a comissão apure também a atuação de governadores e prefeitos durante a pandemia.

Kajuru é favorável à inclusão de prefeitos e governadores entre os alvos da CPI. No trecho divulgado ontem, o presidente cobrou o senador que a CPI só irá investigar o governo federal e disse temer que o relatório da comissão seja “sacana.”

LEIA MAIS

Bolsonaro diz que a decisão de Barroso sobre CPI é uma interferência em outros poderes. “Não tem que estar se metendo em tudo”

Barroso responde acusação de Bolsonaro e afirma que consultou demais ministros para abrir CPI

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você