Em nova pesquisa Datafolha, 51% não quer Lula como presidente

Entrevistados foram perguntados sobre a anulação de Fachin, possível candidatura de Lula, e Sérgio Moro

Por: Leonardo Fernandes | 22 março - 10:59

O Datafolha divulgou nesta segunda-feira (22) uma pesquisa acerca da anulação das condenações de Lula feita por Fachin. Entre os dias 15 e 16 de março, a Folha entrevistou 2.023 pessoas com 16 anos ou mais, de todas as regiões do país. Além disso, a possível candidatura de Lula à presidência e a atuação de Sérgio Moro na Justiça também foram pautadas.

Na pesquisa, 51% dos entrevistados disseram que Fachin agiu mal em anular Lula, 42% disseram que agiu bem, e 6% do total não opinaram. Dentro disso, para as pessoas que de fato conheciam o tema em questão, 53% avaliaram que Fachin agiu mal, 42% disseram que ele agiu bem, e 5% resolveram não opinar.

Ex-presidente Lula durante discurso

Rejeição à Lula é maior na região Sul, e entre os que aprovam o governo Bolsonaro, segundo Datafolha. Foto: Divulgação/Agência Brasil

Em relação à possível candidatura de Lula à presidência, 51% acham que o ex-presidente não deveria concorrer, e 47% avaliam que ele deveria. 2% não opinaram na questão. Na pesquisa, foi analisado também que a reprovação à Lula está mais presente entre os moradores do Sul do país (60%), e a sua aprovação está maior entre os moradores do Nordeste (63%).

Os resultados sobre Sérgio Moro

Em relação à atuação do ex-juiz Sério Moro na operação Lava-Jato, 45% dos entrevistados a consideraram ótima ou boa, contra 25% que avaliou como regular, 27% como ruim ou péssimo e 4% que não opinaram. Em contrapartida, a mesma pesquisa feita em 2016 apresentava índices maiores: 62% como ótimo ou bom, 16% como regular, 13% como ruim ou péssimo e 10% sem resposta na época.

Dessa forma, a pesquisa mostra que a aprovação de Sérgio Moro diminuiu de maneira geral. Nesse caso, tal aprovação é presente com maior evidência entre aqueles de 35 a 44 anos (54%), mais instruídos (53%), com renda familiar mensal de mais de 2 a 5 salários mínimos (54%),  e entre os que aprovam o mandato de Jair Bolsonaro (68%).

A reprovação, por outro lado, é grande entre os moradores do Nordeste (38%), e entre os que reprovam o governo bolsonarista (43%).

Leia mais notícias:

Lula pede a Biden uma reunião urgente do G20

‘Estão esticando a corda’, afirma Bolsonaro em discurso no Palácio da Alvorada

Confira os últimos acontecimentos no estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você