Educadores se manifestam em frente a escritório de Barros: “No mínimo esperamos um pedido de desculpas”

Barros, em entrevista, criticou os profissionais da educação afirmando que “Só professor não quer trabalhar na pandemia”.

Por: Larissa Placca | 23 abril - 20:46

A APP-Sindicato, que representa profissionais da educação no Paraná, fez um ato, nesta sexta-feira (23), em frente ao escritório político do deputado Ricardo Barros (PP-PR), em Maringá (PR).

O Sindicato afirmou que a ação é um protesto em resposta à recente declaração do parlamentar. Barros, em entrevista, crítica profissionais da educação ao afirmar que “Só professor não quer trabalhar na pandemia”.

Deputado Ricardo Barros (PP-PR) em sessão

Deputado Ricardo Barros (PP-PR) em sessão; Foto: Agência Brasil/Divulgação

O secretário de comunicação da APP, Luiz Fernando Rodrigues, disse que a “absurda” fala de Ricardo Barros deixou professores do estado inteiro “indignados”.

“No mínimo esperamos um pedido de desculpas dele com essa aula pública que vamos fazer, mas acho que isso não vai acontecer, porque até agora, ele só ironizou o movimento”, disse.

Rodrigues também se referiu à última publicação do parlamentar no Twitter, na qual Barros disse, após ter sido criticado pela fala em entrevista, e postou “a verdade dói”.

“Queremos levar até ele a informação de que os professores estão sim fazendo o trabalho deles, e não se negando a trabalhar, porque essa foi uma afirmação equivocada”, afirmou Rodrigues.

“[A declaração de Barros] pegou mal em todo o Brasil, mas para nós daqui é pior, pois é um deputado federal nosso, com a nossa base eleitoral, que já foi prefeito da cidade de Maringá, e que não apoia a educação minimamente e não respeita esses profissionais”.

Pouco antes do protesto começar, o deputado publicou um vídeo no Instagram afirmando que reconhece que “alguns” profissionais “trabalham mais do que antes da pandemia”.

“Chamei para um debate democrático e de interesse da sociedade. Todos tem o meu respeito”, escreveu.

Veja o vídeo de retratação do deputado:

De acordo com a assessoria de imprensa de Ricardo Barros, hoje o parlamentar está em Curitiba, então não presenciou o ato.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Governo reduz verba de obras do programa “Casa Verde e Amarela”, paralisando construção de 200 mil casas

STF dá 30 dias para Anvisa decidir sobre pedido de importação da vacina Sputnik V por três estados

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você