Defesa pede que anulação das condenações de Lula seja mantida

A defesa de Lula pediu ao STF que fosse mantida a decisão de anular as condenações do petista

Por: Maria de Toledo Leite | 22 março - 17:23

Nesta segunda-feira (22), a defesa do ex-presidente Lula pediu que o recurso apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) fosse rejeitado. O recurso vai contra a decisão de Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), de anular as condenações de Lula na Lava Jato do Paraná.

De acordo com documento apresentado por advogados do petista, questões processuais impediriam que o recurso contra sua liberdade fosse aceito. A defesa afirma que não é o papel da Justiça Federal do Paraná analisar os procesos contra o ex-presidente, que foi o que levou Fachin a anular as condenações em primeiro lugar.

Ministro Fachin em sessão no STF

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Lula desconversa sobre candidatura: “A minha cabeça não está pensando em discutir 2022”

Bolsonaro critica de “monocrática” a decisão do STF de anular as acusações contra Lula

Entenda a anulação das condenações de Lula:

No último dia 8, foi anunciado que Fachin, ministro do STF, havia anulado todas as condenações impostas a Lula pela Justiça Federal do Paraná em relação ao envolvimento do ex-presidente na Lava Jato. Com essa decisão, Lula passou a ter direitos políticos, podendo ser eleito mais uma vez.

O ministro baseou a anulação levando em conta o que o STF considerou em outros casos, que a Justiça de Curitiba não deveria ter julgado os acontecidos, já que tinha uma ligação direta com outros órgãos públicos, não só com a Petrobras.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

 

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você