Decreto assinado por Bolsonaro inclui Correios em programa de privatizações

O documento foi publicado hoje (14), no Diário Oficial da União

Por: Caroline Ripani | 14 abril - 14:10

Na última terça-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto em que inclui os Correios no Programa Nacional de Desestatização (PND). O documento foi publicado hoje (14), no Diário Oficial da União.

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República informou os motivos que fizeram o governo federal tomar a decisão. “A União deve concentrar os seus esforços nas atividades em que a presença do Estado seja fundamental para a consecução das prioridades nacionais”, declara o texto.

Correios

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em fevereiro deste ano, foi enviado pelo governo federal ao Congresso o Projeto de Lei 591/21, que determina a quebra do monopólio dos Correios e abre para o capital privado.

No mês seguinte, foi a vez do Ministério da Economia publicar uma resolução recomendando a privatização dos Correios, Eletrobras e EBC (Empresa Brasil de Comunicação).

A privatização dos Correios ainda depende do Congresso aprovar um projeto de lei criado pelo Executivo. A proposta permite à iniciativa privada prestar serviços que, no momento, apenas os Correios podem realizar.

*Com informações do Estadão.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Psol tenta frear a privatização da Eletrobras defendendo que causará alta na conta de luz e desemprego 

Governo conclui primeira fase de privatização da Eletrobras, EBC e Correios

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você