Votação sobre a anulação das condenações de Lula irem para o plenário teve 9 votos contra 2 no STF

O presidente do STF, Luiz Fux, também votou a favor da decisão ir para o plenário

Por: Aline Bueno Silvestre | 14 abril - 19:09

Nesta quarta-feira (14), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram sobre a votação de anular ou não as condenações do ex-presidente Lula.

Os primeiros sete votos a favor foram de: Ministro Edson Fachin, autor da decisão, seguido do ministro Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Luís  Barroso, Rosa Weber e Dias Toffoli. 

STF decide mandar decisão de condenações de Lula para o plenário

Foto: Rafael Luz/STJ

Com 6 votos da maioria, a decisão foi tomada. Porém, a votação continuou.

A ministra Carmen Lúcia também votou a favor. Dois votos foram contra, do ministro Ricardo Lewandowski e de Marco Aurélio. Gilmar Mendes foi o 8ª a votar a favor da decisão. 

O presidente do STF, Luiz Fux, acompanhou a maioria e também votou a favor. Com 9 votos contra 2, a decisão segue para o plenário oficialmente.

Agora, a votação deve seguir na quinta-feira (15).

LEIA MAIS:

Em TV Italiana, Lula pede desculpas por não ter deportado o assassino Cesare Battisti

Ciro pede ‘generosidade’ de Lula e cita Nicolás Maduro e Evo Morales

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você