Covas anuncia reforço em programas de alimentação

A prefeitura de São Paulo anunciou ações sociais de segurança alimentar para os próximos meses

Por: Bianca Antunes | 30 março - 17:10

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), lançou ações sociais de segurança alimentar, proteção e acolhimento para os próximos meses. “Nosso inimigo é o vírus, que tem causado essa recessão mundial. Então, vamos reforçar estas ações por conta deste segundo pico e manter o esforço de evitar a circulação e aglomerações”, disse o prefeito.

Em abril, serão distribuídas 1,8 milhão de cestas básicas, 1,3 milhão de marmitas e 1,1 milhão de refeições em equipamentos de assistência social da cidade.

Prefeito Bruno Covas em entrevista à imprensa

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Além disso, a prefeitura de São Paulo também lançou a plataforma Sampa Mais Solidária, que servirá para mapear a distribuição de refeições à população carente da cidade.

O prefeito ainda anunciou a manutenção de ações como a renda básica emergencial de R$ 100, cartão merenda aos alunos da rede municipal de R$ 55 a R$ 101 e auxílio aluguel de R$ 400 a mulheres vítimas de violência.

Durante coletiva nesta terça-feira (30), o prefeito também afirmou que investiu mais de R$ 2,8 bilhões em 6 programas que deverão garantir a criação de 9.919 vagas de emprego e o fornecimento de alimentação para mais de 1,3 milhão de pessoas vulneráveis.

LEIA MAIS:

SP bate recorde de testes de covid-19 por dia; 43% deram positivo

Governo inclui pessoas com HIV no grupo prioritário de vacinação

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você