Contra Renan, Girão quer líder governista como relator da CPI da Covid

A escolha do comando da comissão será terça-feira (27), dia da instalação da CPI

Por: Marina Correa de Genaro | 25 abril - 15:23

O senador Eduardo Girão, do Podemos, que rivaliza com o candidato favorito, Omar Aziz, do PSD, afirmou à CNN que irá indicar o senador Marcos Rogério (DEM) para a função de relator da investigação.

Ele é vice líder de governo e terá o nome apresentado como uma alternativa ao do senador Renan Calheiros, que vem sofrendo críticas.

Foto: Reprodução/ Twitter

Em relação a campanha para o colega exercer a relatoria da comissão, o senador diz “Eu acredito que seja um nome mais equilibrado. Ele tem um mestrado em CPI. A população não está engolindo como a CPI está acontecendo, de forma enviesada”.

Ele se refere a uma dissertação defendida por Marcos Rogério sobre o controle político da administração pública pelas comissões parlamentares de inquérito.

Nessa ocasião, em 2015, a CPI da Petrobras foi usada como objeto de estudo.

Marcos Rogério afirmou que não recusaria o convite. “Relator não se candidata, é escolhido pelo presidente da comissão. Estou à disposição”. Disse Marcos.

Para vice-presidente, Girão afirma que manteria a indicação do senador Randolfe Rodrigues (Rede), que está na disposição do grupo de Aziz.

A escolha do comando da comissão será na terça-feira (27), dia da instalação da CPI.

A definição para o cargo de presidente passa por eleição, em que vence quem receber o voto de pelo menos seis dos onze senadores titulares. Uma vez eleito, o presidente da comissão é responsável pela indicação do relator e faz a escolha levando em consideração o que acordar com os demais integrantes.

LEIA MAIS

Daniel Silveira é condenado a indenizar em R$ 20 mil o procurador do RJ por falsa denúncia de violência doméstica

Morte de Levy Fidelix pode antecipar mudança de partido de Mourão

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você