Centrais sindicais convidam políticos para ato virtual contra Bolsonaro, no Dia do Trabalho

Segundo a Folha de S. Paulo, João Doria, Ciro Gomes e Guilherme Boulos teriam sido chamados

Por: Leonardo Fernandes | 19 abril - 07:21

As centrais sindicais fizeram um convite para políticos brasileiros, para participarem de um ato virtual unificado no feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio. De acordo com publicação da Folha de S. Paulo neste domingo (18), a iniciativa tem como intuito o fortalecimento de frentes e partidos na oposição ao atual presidente, Jair Bolsonaro.

Alguns dos nomes chamados para o ato, segundo a Folha, foram Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Rodrigo Maia (DEM), que já enviaram seus vídeos para participação, e o governador João Doria (PSDB), que ainda não decidiu se integrará o projeto.

Bolsonaro afirma que vai tomar a vacina por último

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Da vertente da esquerda, Ciro Gomes (PDT) e Flávio Dino (PCdoB) participarão.

Ainda não se sabe a respeito da participação de Lula e Dilma, mas como escrito na publicação do jornal, ambos costumam marcar presença. No caso de Guilherme Boulos (PSOL), que também teria sido convidado, ainda é esperada confirmação. No ano passado, Boulos desistiu de participar, por discordar do convite feito a Maia.

Na quinta-feira (15), o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria pela anulação das condenações do ex-presidente Lula, na operação Lava Jato. Em decorrência das anulações, o político mantém o direito de se candidatar à presidência em 2022. Já Ciro Gomes pretende não fazer mais alianças com o PT em futuras campanhas, e de acordo com o ex-governador do Ceará, Lula está “tomado pelo ódio”.

Leia mais notícias:

Pazuello, ex-ministro da Saúde, deve assumir cargo no Palácio do Planalto

PGR pede que notícia-crime por suposto desvio de Bolsonaro seja arquivada

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você