Caso Flordelis: deputada diz que filha Simone mandou matar pastor Anderson

Flordelis é acusada de ser a mandante do crime

Por: Aline Bueno Silvestre | 25 março - 22:30

A deputada federal Flordelis, uma das 11 acusadas pelo crime, disse que a filha Simone que mandou matar o pastor Anderson, em 2019.

As informações são de entrevista no “Conversa com Bial” da Rede Globo. Flordelis nega o envolvimento no crime e diz que Simone estava doente e era assediada por Anderson.

Flordelis diz que filha Simone mandou matar pastor Anderson

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, afirmou a deputada.

O Ministério Público afirma que Flordelis foi a mandante do crime. No entanto, de todos os suspeitos, ela é a única que não foi presa por imunidade parlamentar.

Na sexta-feira (16), o relator do caso negou defesa para a vítima.

Sobre o crime

O crime aconteceu na garagem da família, em Niterói, no dia 16 de junho de 2019. As informações dizem que ele foi assassinado por volta das 4h da manhã, com diversos tiros. 

Testemunhas disseram que Anderson e Flordelis estavam voltando para casa depois de uma confraternização. A deputada disse perceber que estava sendo seguida por duas motos. Já dentro de casa, familiares disseram que a vítima voltou ao carro para buscar algo, e foi quando ouviram os disparos.

LEIA MAIS:

Caso da deputada Flordelis é discutido nesta terça-feira (16)

Câmara aprova texto-base do orçamento de 2021

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você