Bolsonaro diz que só Deus tira ele da presidência “E me tira, obviamente, tirando minha vida”, disse

A Câmara dos Deputados tem 107 pedidos de impeachment contra o presidente; Lira deve dar esclarecimentos sobre os pedidos

Por: Larissa Placca | 15 abril - 21:54

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira (15/4), durante live semanal em suas redes sociais, que não deixará seu cargo na Presidência da República. Bolsonaro se pronunciou sobre os pedidos de impeachment contra ele. (Veja mais abaixo)

“E [Deus] me tira, obviamente, tirando minha vida”, disse.

Bolsonaro na live em suas redes sociais desta quinta (15/4);

Bolsonaro na live em suas redes sociais desta quinta (15/4); Foto: Agência Brasil/Divulgação

“Realmente, alguma coisa muito errada vem acontecendo há muito tempo no Brasil. Só digo uma coisa: só Deus me tira da cadeira presidencial e, me tira, obviamente, tirando minha vida”, disse Bolsonaro ao vivo nas redes sociais.

Bolsonaro comentou da decisão da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), que definiu nesta quinta-feira (15) um prazo de cinco dias para que o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) dê explicações sobre a não abertura dos processos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. A ministra atendeu a um pedido que foi protocolado pelo advogado Ronan Botelho.

A Câmara dos Deputados tem 107 pedidos de impeachment contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. No período de 31 de março a 6 de abril, foram protocolados 32 pedidos, dentre esses, apenas um não cita a atuação do presidente no combate à pandemia e, em seu texto, denuncia as tentativas de uso político das Forças Armadas.

Nesta segunda-feira (12), o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e o vereador de São Paulo Rubinho Nunes apresentaram uma ação como a do advogado Botelho ao Supremo, que ainda não levada em pauta.

“Vamos ver qual encaminhamento o Lira vai dar no tocante a isso. Não quero me antecipar, falar o que acho sobre isso aí”, disse ele. “O que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar, mas não vai mesmo… Não vai mesmo”, declarou.

O Brasil contabiliza mais de 365 mil mortes da covid-19.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Primeira reunião da CPI da Covid deve ser realizada na próxima semana

Diarista relata que Dr. Jairinho e Monique Medeiros tomavam e davam para Henry muitos remédios

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você