Bancada da bala fala sobre insatisfação com Bolsonaro

Capitão Augusto comentou sobre a perda de confiança com os projetos bolsonaristas nos últimos anos

Por: Leonardo Fernandes | 30 março - 11:22

Em matéria do site Congresso em Foco, o deputado Capitão Augusto (PL-SP) expressou seu descontentamento, e da classe da Polícia Militar, com a atual conduta de Jair Bolsonaro frente ao governo federal. Para Augusto, que é presidente da Frente Parlamentar de Segurança, a candidatura do atual presidente não trouxe tantos benefícios como era esperado.

“Quando Jair Bolsonaro foi eleito, achávamos que que finalmente seria nossa vez. Depois dos governos do PT e da gestão conturbada de Michel Temer, achamos que poderíamos recuperar um pouco do que perdemos nos últimos anos. Na realidade, acabamos perdendo mais nos últimos dois anos que nos outros dez”, falou o capitão.

Capitão augusto durante reunião da Câmara dos Deputados. Político usa terno e fala ao microfone

O deputado Capitão Augusto durante o lançamento da Frente Parlamentar da Segurança Pública, na Câmara dos Deputados. Para político, aliança bolsonarista foi uma perda à Bancada da bala. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Capitão Augusto é líder da chamada “Bancada da bala”, grupo do Congresso que apoia o armamento civil, e que não tem sido ouvido por Bolsonaro acerca de algumas demandas e avisos; e a bancada era bem próxima do governo no início do mandato do atual presidente.

Agora, Bolsonaro busca por um alinhamento maior com o Centrão, após fazer a troca de seis ministros na última segunda-feira (30). Entre os nomes substituídos, está Ernesto Araújo das Relações Exteriores, e Fernando Azevedo do Ministério da Defesa.

Leia mais notícias:

Indicação de Flávia Arruda pode significar aproximação do Governo com Lira e Centrão

Novo ministro das Relações Internacionais nunca assumiu uma embaixada

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você