Alesp aprova prorrogação de contratos de profissionais da saúde no Estado de SP

O Projeto de Lei Complementar é válido para aqueles que trabalham na linha de frente do combate ao novo coronavírus em hospitais estaduais

Por: Caroline Ripani | 19 abril - 13:33

Na manhã desta segunda-feira (19), foi aprovado pelos parlamentares da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) o Projeto de Lei Complementar 5/2021, que prorroga, por até um ano, o contrato de trabalho dos profissionais da área da Saúde que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus em hospitais da rede estadual.

Fazem parte do grupo 934 profissionais, sendo 307 técnicos de enfermagem, 260 enfermeiros, 134 médicos, 129 agentes de saúde, 63 oficiais de saúde, 23 técnicos de laboratório e 18 auxiliares de laboratório.

Profissional da saúde segurando estetoscópio

Foto: Reprodução/Freepik

De acordo com Jean Gorinchteyn, Secretário Estadual de Saúde, o reforço profissional vai garantir o “pleno funcionamento dos serviços de saúde”.

Ainda segundo Gorinchteyn, a expectativa de impacto no orçamento é de R$ 25 milhões. O texto segue agora para sanção do Executivo.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Vacinação de profissionais de saúde com mais de 47 anos começa em São Paulo; veja locais

Butantan entrega 700 mil doses de vacinas contra covid ao Ministério da Saúde

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você