Variante Eek do coronavírus é causa de 70% dos casos em hospital japonês

A variante é conhecida por reduzir a proteção oferecida pela vacina

Por: Bianca Antunes | 05 abril - 15:22

Dos pacientes internados em um hospital em Tóquio, no mês passado, cerca de 70% carregavam a variante E484K, apelidada de “Eek” por alguns cientistas. Essa variante é conhecida por reduzir a proteção oferecida pela vacina.

Durante dois meses, 12 de 36 pacientes de covid-19 carregaram a variante, e nenhum havia viajado recentemente.

Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Durante dois meses, 12 de 36 pacientes de covid-19 carregaram a variante, e nenhum havia viajado recentemente.

A Eek foi encontrada em 10 das 14 pessoas com teste positivo para o vírus no Hospital da Universidade de Medicina e Odontologia de Tóquio em março, informou a emissora pública japonesa NHK neste domingo (4).

LEIA MAIS:

Índia supera 100 mil casos diários de covid-19

Mourão diz que há condições para a realizar celebrações religiosas na pandemia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você