Tóquio e outras três cidades do Japão entrarão em estado de emergência

As medidas de restrição irão entrar em vigor neste domingo (25). Além da capital da sede da Olimpíada, Kyoto, Hyogo e Osaka também enfrentarão restrições

Por: Marina Correa de Genaro | 23 abril - 16:25

Nesta sexta-feira (23), o primeiro-ministro, Yoshihide Suga, disse em reunião de gabinete que quatro prefeituras do Japão entrarão em estado de emergência a partir deste domingo (25).

A decisão foi tomada a três meses do início da Olimpíada, que tem a cerimônia de abertura prevista para 23 de junho.

Metrô de Tóquio

Foto: Phillip Fong

Osaka, Hyogo, Kyoto e Tóquio, sede dos Jogos Olímpicos, estarão em estado de emergência até o dia 11 de maio, período muito mais curto do que as determinações anteriores, que duraram entre sete e 10 semanas.

O Japão está no meio de uma quarta onda de infecções pela Covid-19 e atualmente há restrições elevadas em 10 prefeituras, cobrindo principalmente as áreas metropolitanas de Tóquio e Osaka.

De acordo com Suga, “Esta declaração visa intensificar as medidas contra os restaurantes e impedir a circulação de pessoas, durante a Semana Dourada, como uma medida curta e intensiva”.

Em estado de emergência, espaços comerciais, como shoppings, ficarão impedidos de operar, exceto para fornecer itens e serviços essenciais.

Os estabelecimentos que servem bebidas alcoólicas serão solicitados a fechar e os que não vendem só poderá ficar abertos até as 20h, sob pena de multa.

LEIA MAIS

Primeiro caso de covid no revezamento da tocha olímpica é detectado no Japão

Com mais de 170 imigrantes a bordo, três barcos naufragam na costa da Líbia

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: