Rússia e Cuba querem oficializar vacinação de turistas

Países ainda não sabem quando a prática será iniciada

Por: Bianca Antunes | 08 abril - 16:46

O perfil oficial da Sputnik V, vacina contra covid-19 desenvolvida pela Rússia, postou na semana passada que sua missão é “salvar vidas e trazer de volta a normalidade ao mundo”, juntamente com uma foto incentivando estrangeiros a ir para o país se vacinar.

Apesar disso, o perfil disse que o programa de vacinação de turistas deve começar apenas em julho.

Vacina contra a Covid-19

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Agências de turismo já oferecem pacotes que incluem as duas doses da Sputnik V na Rússia. O problema é que o país ainda está com a fronteira fechada para a grande maioria dos países do mundo.

Outro país que também quer oferecer vacinação aos turistas é a Cuba, que sinalizou que pode vacinar estrangeiros em férias com a Soberana 2, sua vacina contra a covid-19. Ainda não se sabe quando o país adotará a prática.

Na Flórida, nos Estados Unidos, a vacinação de turistas já aconteceu no início do ano. Isso porque o estado não exigia comprovação de residência para aplicação das doses, o que fez com que estrangeiros aproveitassem para se vacinar.

Depois de denúncias, o estado prometeu apertar as fiscalizações e vacinar apenas os residentes a partir do fim de janeiro.

LEIA MAIS:

CoronaVac: governo de SP diz que irá receber insumo da vacina em dois lotes, o 1° no dia 20

Queiroga diz que não há possibilidade de paralisar a vacinação no Brasil

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você