Reino Unido estende restrição para quem sair do país; multa é de R$ 38 mil reais

Só é possível deixar o país através de viagens classificadas como urgentes

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 23 março - 13:12

O Reino Unido decidiu continuar proibindo viagens internacionais nos próximos meses para evitar a disseminação do coronavírus. O governo publicou na segunda-feira (22) que a proibição continuará até julho, com exceção de viagens classificadas como urgentes. 

O texto será votado pelo parlamento hoje (23) e quem descumprir a regra pode ser multado em até 5.000 mil libras, equivalente a R$ 38 mil reais. 

Bandeira do Reino Unido com o Big Ben atrás

Foto: Hannah Mckay/EPA/Agência Lusa

No Reino Unido, as punições são altas para quem não respeitar as restrições do governo. Em setembro de 2020, o secretário de saúde britânico impôs uma nova regra, onde quem estiver contaminado com a doença e não se isolar, recebe uma multa de até 10 mil libras (R$ 70 mil reais)

A Inglaterra é um dos mais afetados pela pandemia na Europa, portanto, foi imposto também em todo o Reino Unido uma multa de mais de R$ 45 mil reais para pessoas que forem flagradas aglomerando ou desrespeitando as regras da quarentena. 

Na Europa, cidades como Paris já decretaram lockdown para tentar conter o aumento no número de contaminações por covid-19.

LEIA MAIS

UE fará reunião de cúpula virtualmente para discutir aumento de casos de covid-19

União Europeia aplica sanções contra pessoas envolvidas no golpe em Myanmar

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você