Putin e Biden poderão se reunir em junho, diz conselheiro do Kremlin

No começo de abril, os dois presidentes conversaram por telefone a fim de estabilizar as relações entre Rússia e Estados Unidos

Por: Caroline Ripani | 25 abril - 16:24

Em entrevista ao canal de televisão russo Rossyia 1 neste domingo (25), o conselheiro do Kremlin, Yuri Ushakov, disse que o presidente dos EUA, Joe Biden, e o governador da Rússia, Vladimir Putin, poderão se reunir em junho.

Segundo Ushakov, datas concretas ainda estão sendo discutidas. “Há datas (…), não as vou revelar, mas será em junho”, afirmou o conselheiro.

Vladimir Putin e Joe Biden

Foto: Reprodução/Wikimedia Commons

Em abril, Biden propôs em conversa por telefone com Putin, o encontro dos dois presidentes em um país neutro, a fim de estabilizar as relações entre as potências rivais. Mesmo Moscou tendo demonstrado interesse na proposta, até agora não foi anunciada uma decisão concreta sobre o encontro.

As tensões entre a capital russa e Washington são grandes, devido aos desacordos sobre a Ucrânia, à situação do opositor russo Alexei Navalny e às acusações de espionagem, interferência eleitoral e ciberataques atribuídos a Moscou.

Em 15 de abril, o governo norte-americano adotou uma série de sanções políticas e financeiras contra a Rússia, entre elas, a expulsão de dez diplomatas russos dos EUA.

Em resposta, a Rússia expulsou dez diplomatas americanos, ameaçando sustento de ONGs financiadas por Washington em seu território, e vetando vários membros do governo Biden de viajarem ao país.

*Com informações da AFP.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Biden diz que ação contra mudança climática fortalecerá economia

Putin ameaça Ocidente com ‘respostas duras’ caso ‘linhas vermelhas’ russas sejam ultrapassadas

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você