Osaka pede ao governo japonês a adoção de um novo estado de emergência

O pedido tem como objetivo reverter o aumento dos casos de infecção pelo novo coronavírus

Por: Caroline Ripani | 20 abril - 12:20

Nesta terça-feira (20), a Prefeitura de Osaka, sul do Japão, irá solicitar ao governo central a adoção de um novo estado de emergência como forma de reverter o aumento dos casos de infecção pelo novo coronavírus.

O governador de Osaka, Hirofumi Yoshimura declarou à imprensa acreditar que “é o momento de tomar medidas enérgicas durante um curto período de tempo”.

Pessoas no Japão de máscara

Foto: Reprodução/Kyodo News/Getty Images

Yoshimura pediu o fechamento de centros comerciais, parques de diversões e grandes lojas. “O fluxo de pessoas e o ritmo acelerado das variantes estão provocando ondas de contágios”, justificou.

Para o governador, também é necessário que as empresas retornem com o teletrabalho, caso contrário, não será possível conter o fluxo de pessoas contaminadas.

O pedido em nome da Prefeitura de Osaka passará pelos trâmites formais durante a tarde e provavelmente será aprovado pela noite.

Tóquio e outras regiões também devem implementar medidas restritivas, com a intenção de evitar a crise que afeta o sistema de saúde de Osaka, no qual não há mais leitos para pacientes infectados pela covid que estão em estado grave.

A alta nos casos ocorre faltando aproximadamente três meses para o início dos Jogos Olímpicos, adiados em 2020 por causa da pandemia. No início de abril, Osaka chegou a suspender o revezamento da tocha olímpica nas ruas da cidade, optando por uma cerimônia realizada em um parque sem a presença de espectadores.

*Com informações da AFP.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Japão sofre impacto econômico com adiamento das Olimpíadas 2020 devido pandemia

Variante Eek do coronavírus é causa de 70% dos casos em hospital japonês

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você