Mais de 1.800 presos escaparam de uma penitenciária na Nigéria

Homens armados atacaram os funcionários, explodiram o portão e libertaram os detidos à força

Por: Marina Correa de Genaro | 05 abril - 16:40

De acordo com os serviços penitenciários nigerianos, nesta segunda-feira (5), mais de 1.800 presos escaparam de uma prisão no estado de Imo, no sudeste da Nigéria, após um ataque de homens armados que explodiram um portão e liberaram os detidos à força.

Segundo o comunicado da autoridade de correção, os agressores chegaram em picapes e ônibus antes de invadir as instalações.

Prisão

Foto: PT no Senado

O porta-voz dos serviços penitenciários, Francis Enoborre, disse em comunicado que “homens armados não identificados atacaram a prisão de Owerri, por volta das 2h15 (horário local) e libertaram 1.844 detidos à força”.

Francis acrescentou “testemunhas dizem que viram um número significativo de homens armados a bordo de vans. Eles imediatamente atacaram os funcionários da prisão antes de explodir o portão principal”.

James Madugba, assessor de imprensa das penitenciárias, confirmou o atentado e pediu para os moradores que continuem trabalhando e alegando que a situação está sob controle.

LEIA MAIS

Autoridades de Osaka pedem que o revezamento da tocha olímpica seja cancelado

Fernando Holiday é expulso do Patriota por descumprir diretrizes partidárias

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: