Hospital na Rússia pega fogo e médicos continuam a operar paciente: “Tínhamos que salvar o paciente. “

Durante quase duas horas eles permaneceram no prédio usando um ventilador e cabos de extensão para espantar a fumaça e garantir o fornecimento de energia na sala de operações

Por: Larissa Placca | 02 abril - 15:48

Nesta sexta-feira (2) o telhado de um hospital na Rússia pegou fogo. Os médicos continuaram a operar um paciente internado enquanto bombeiros tentavam controlar um incêndio.

“Não havia nada que poderíamos fazer”, disse o cirurgião Valentin Filatov em entrevista à televisão russa. “Tínhamos que salvar o paciente. Fizemos tudo da melhor maneira possível.”

leitos de hospital

Imagem ilustrativa; Foto: Agência Brasil/Divulgação

Os profissionais afirmaram que não poderiam parar o procedimento, uma cirurgia cardíaca, que começou antes do incêndio ser identificado.

Durante quase duas horas eles permaneceram no prédio usando um ventilador e cabos de extensão para espantar a fumaça e garantir o fornecimento de energia na sala de operações.

Após a cirurgia, o paciente foi encaminhado para outro hospital da região. O fogo foi controlado, e não há registro de feridos.

O Ministério que cuida de Situações de Emergência da Rússia disse em nota que 128 pessoas foram retiradas do hospital, com exceção da equipe de médicos e enfermeiros continuou no local para a cirugia.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

59% dos beneficiários do auxílio emergencial desaprovam o governo, segundo PoderData

Novo auxílio emergencial não cobre linha de pobreza no país, diz estudo

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você