Funeral do Príncipe Philip acontece neste sábado com distanciamento e restrições

Corpo do duque de Edimburgo foi colocado no jazigo da família real britânica; cerimônia de despedida teve número limitado de pessoas e uso de máscara foi obrigatório

Por: Marina Ponchio Gomes Ferreira | 17 abril - 13:37

Neste sábado (17), aconteceu o funeral do príncipe Philip, que morreu aos 99 anos no dia 9 de abril. A cerimônia foi reduzida por conta dos protocolos da pandemia e a despedida foi acompanhada pela rainha Elizabeth II  e os netos. 

O corpo do duque de Edimburgo foi levado para a cripta real. Antes, o corpo de Philip foi velado na Capela de São Jorge, dentro da propriedade real do Castelo de Windsor, onde ele residia com a rainha. 

Príncipe Philip é homenageado com salvas de tiros de canhão e funeral é marcado para 17 de abril

Foto: Reprodução

Restrições contra a Covid-19

Por conta das restrições impostas durante a pandemia no Reino Unido, há um limite de pessoas que puderam participar do velório. Na cerimônia, apenas 30 pessoas, entre filhos, netos e outros parentes próximos puderam comparecer à Capela de São Jorge. 

Além da rainha Elizabeth II, que esteve ao lado do príncipe por mais de 70 anos, quatro dos sucessores diretos ao trono participaram da despedida: Príncipe Charles (1º); Príncipe William (2º); Príncipe Harry (6º) e Príncipe Andrew (7º). 

Os netos, príncipe George – 3º na linha de sucessão – , princesa Charlotte (4º) e o príncipe Louis (5º) não fizeram parte da cerimônia por ainda serem crianças. 

Segundo os protocolos sanitários, os convidados tiveram que manter o distanciamento durante a despedida e utilizar máscaras de proteção. O Palácio de Buckingham pediu aos britânicos  não se aglomerarem próximo ao Castelo, para evitar o contágio da covid-19.

Procissão com filhos e netos  

O caixão do príncipe Philip foi transportado do Castelo de Windsor para a capela de São Jorge – um trajeto de 600 m – em um carro adaptado. O caixão foi acompanhado a pé por membros da família real, dispostos atrás do veículo. 

Ao lado do caixão foram dispostos:

  • Ao lado esquerdo: Princesa Anne, filha de Philip; Príncipe Edward, filho de Philip. 
  • Ao lado direito: Príncipe Charles: Filho de Philip; Príncipe Andrew, também filho de Philip. 

Atrás do caixão estava o príncipe Harry, Peter Phillips (filho da princesa Anne), e príncipe William. Logo em seguida ficaram o marido de Anne, o vice-almirante Sir Timothy Laurence e David Armstrong-Jones, 2º conde de Snowdon, fechando o cortejo.

A rainha Elizabeth II, foi separadamente para a capela. 

Foto: Reprodução

Ele foi carregado por oito oficiais da guarda pessoal da rainha, que não possuem autorização para acompanhar a cerimônia dentro da capela São Jorge. Além deles, o reverendo de Windsor e o arcebispo de Canterbury, líder da igreja Anglicana, fizeram uma saudação especial. 

Durante a procissão, militares realizaram disparos em homenagem ao duque de Edimburgo, que fez parte da Marinha britânica. Oficiais da Marinha Real, Fuzileiros Navais, o Regimento Real da Escócia, e da Força Aérea Real também estavam presentes no cortejo.

LEIA MAIS

Príncipe Harry será diretor de impacto de startup no Vale do Silício

Príncipe William se pronuncia sobre as acusações de Harry e Meghan e diz que família real não é racista

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você