EUA: Quantidade de migrantes detidos na fronteira aumentou 71% em março

Ao todo, 172.331 pessoas foram aprendidas no mês - maior número registrado em 15 anos

Por: Caroline Ripani | 08 abril - 15:58

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (8), pela Fiscalização de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos (CBP, na sigla em inglês), a quantidade de migrantes detidos na fronteira sul do país aumentou 71% em março, em comparação com fevereiro.

Ao todo, 172.331 pessoas foram aprendidas no mês – maior número registrado em 15 anos. O número de menores não acompanhados no local subiu para 100%, contabilizando 18.000 crianças.

Fronteira dos Estados Unidos

Foto: Reprodução/Getty Images

Conforme dito pela patrulha da fronteira, os números estão altos desde abril de 2020 “devido a razões que incluem a violência, os desastres naturais, a insegurança alimentar e a pobreza no México e nos países do Triângulo Norte da América Central”.

O governo do presidente Joe Biden enfrenta constantes pressões para administrar a situação na fronteira e abrigar os menores desacompanhados.

Segundo autoridades locais, 60% de migrantes que chegaram nos Estados Unidos foram expulsos e, desse total, 28% eram migrantes que já haviam sido deportados do país.

*Com informações da AFP.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Biden classifica violência com armas de fogo nos EUA como uma ‘epidemia’

Biden espera poder compartilhar estoque de vacinas com países mais pobres

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você