Espanha suspende uso da vacina Oxford/AstraZeneca em menores de 60 anos

A medida teve resistência em Madrid, capital do país e única região espanhola a não concordar com a decisão

Por: Caroline Ripani | 08 abril - 15:12

Na última quarta-feira (7), a Espanha decidiu suspender o uso da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford com a biofarmacêutica AstraZeneca, em menores de 60 anos. Apesar de ser temporária, a medida teve resistência em Madrid, capital do país e única região espanhola a não concordar com a mesma.

A decisão foi tomada após a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), ter confirmado pela primeira vez um possível vínculo entre o imunizante e o surgimento de coágulos sanguíneos.

Mão segurando seringa com vacina da AstraZeneca

Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket/Getty Images

Com a mudança, a Espanha se junta a países como Holanda, Canadá, França e Dinamarca, que também suspenderam aplicação da vacina para alguma faixa etária.

Nos próximos dias o país decidirá o que fazer com os cidadãos menores de 60 anos que já tomaram a primeira dose do imunizante da AstraZeneca. No momento a Espanha estuda duas possibilidades: aplicar um imunizante de fabricante diferente, ou cancelar a aplicação da segunda dose, já que somente a primeira garante eficácia de 70% contra o novo coronavírus.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Oxford suspende teste com vacina da AstraZeneca em crianças

Reino Unido confirma 7 óbitos por coágulo sanguíneo após vacina da AstraZeneca

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você