Cúpula do Clima: Estados Unidos prometem redução na emissão de gases do efeito estufa até 2030

Informação será formalizada por Joe Biden durante videoconferência nesta quinta-feira (22)

Por: Leonardo Fernandes | 22 abril - 08:32

O presidente dos Estados Unidos e organizador da Cúpula dos Líderes sobre o Clima, Joe Biden, anunciou nesta quinta-feira (22) que o país reduzirá a emissão de gases causadores do efeito estufa até o ano de 2030. A meta estabelecida no início da reunião espera encorajar outros países, também grandes emissores de CO2, a aumentarem suas ambições acerca do combate às mudanças climáticas.

A gestão de Biden planeja diminuir a emissão dos EUA em 50% a 52%, se comparado aos níveis registrados em 2005. A decisão também é um marco importante no plano do governo atual para descarbonizar a economia estadunidense até 2050.

Joe Biden falando em microfone

Foto: Reprodução/Flickr

O anúncio formalizado de Biden será feito na Cúpula do Clima, que ocorre entre os dias 22 e 23 de abril. Foram convidados 40 dirigentes mundiais para a reunião virtual, incluindo o presidente Jair Bolsonaro.

É esperado que Bolsonaro discurse de acordo com cartilha do ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, que abordará o desmatamento ilegal na floresta amazônica e as queimadas em território brasileiro.

O governo do Japão também irá formalizar a decisão de elevar a redução de gases-estufa de 26% para 46% até 2030. O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, anunciou a meta nesta quinta-feira. A ativista sueca Greta Thunberg também fará um discurso no Congresso dos EUA no mesmo dia da Cúpula, com transmissão virtual.

*Com informações da Folha de S. Paulo

Leia mais notícias:

Bolsonaro falhou em não assumir responsabilidades para preservar vidas, afirma ativista Greta Thunberg

União Europeia fecha acordo para redução de emissões de gases efeito estufa

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você