Colômbia aprova uso emergencial de vacina da Janssen no país

Ao todo, foram compradas 9 milhões de doses do imunizante

Por: Caroline Ripani | 26 março - 14:29

Na última quinta-feira (25), foi aprovado na Colômbia o uso emergencial da vacina contra covid da Janssen, filial farmacêutica da Johnson e Johnson. O anúncio foi feito pelo diretor da agência reguladora de alimentos e medicamentos, Invima, durante um pronunciamento do governo colombiano.

“Em sua condição de reguladora, a Invima autorizou o uso emergencial da vacina da empresa farmacêutica Janssen, da multinacional Johnson & Johnson”, disse Julio Cesar Aldana, diretor da agência.

Caixas contendo vacina anti-covid da Janssen

Foto: Reprodução/Eric Seals/Reuters

Aldana explicou também que além da vacina ser de dose única, demanda menos exigências de armazenamento do que outras já aprovadas. Ao todo, foram compradas 9 milhões de doses do imunizante.

Além de já ter firmado acordos com outras desenvolvedoras de vacina, como a Pfizer e Biontech, Sinovac, AstraZeneca e Moderna, o país ainda vai receber doses através do Covax, iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Colômbia planeja imunizar 70% de sua população para criar uma imunidade de rebanho. Até o momento,  mais de 1, 38 milhões de doses de vacina foram aplicadas no país.

*Com informações da Reuters.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Anvisa recebe pedido para uso emergencial da vacina Sputnik V

Argentina suspende voos do Brasil, Chile e México

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você