Bolsonaro deve discursar através da cartilha de Salles na Cúpula de Líderes sobre o Clima

A reunião desta quinta-feira (22) é organizada por Joe Biden, presidente dos Estados Unidos

Por: Aline Bueno Silvestre | 21 abril - 21:00

Após ser convidado para participar da Cúpula de Líderes sobre o Clima por Joe Biden (Partido Democrata), o presidente dos Estados Unidos, Jair Bolsonaro (sem partido) deve discursar através das visões e defesas organizadas por Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente.

O presidente do Brasil terá três minutos para discutir sobre assuntos como desmatamento na Amazônia e preservação do meio ambiente.

Bolsonaro deve seguir ideias de Salles na Cúpula sobre o clima

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Salles ironiza, em suas redes sociais, indígenas usando celular “Recebemos a visita da tribo do iPhone”

Segundo dois assessores de Bolsonaro, o discurso deve ir de acordo com a cartilha de Salles, como soluções que respeitem a atividade na Amazônia, pagamento por serviços ambientais e indenização por créditos de carbono pelos países poluidores aos que preservam o meio ambiente.

O presidente deve reforçar a necessidade de recursos internacionais para o Brasil reduzir o desmatamento e cumprir com as metas.

Em carta enviada para Biden, Bolsonaro prometeu o fim do desmatamento ilegal até 2030. A ação aconteceu após 22 governadores assinarem uma carta também para o presidente dos Estados Unidos, sobre parceria para preservação ambiental. 

*Com informações do G1 e da Folha de São Paulo.

LEIA MAIS:

Carta de ex-ministros enviada à Cúpula do Clima afirma que “Bolsonaro estimula agentes da devastação”

Biden enviou carta a Bolsonaro em 26 de fevereiro; confira

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você