Alemanha seguirá em lockdown até o final de maio, diz ministro das Finanças

O país luta para conter uma terceira onda da pandemia, mas tem seus esforços dificultados pela variante B117 da covid

Por: Caroline Ripani | 25 abril - 16:24

Apesar das restrições mais rígidas, a taxa de contaminações pelo novo coronavírus na Alemanha registrou aumento neste final de semana. Segundo o ministro das Finanças do país, Olaf Scholz, não deverá haver alívio no lockdown antes do final de maio.

Em entrevista ao jornal alemão Bild am Sonntag, Scholz disse que a Alemanha precisa “de um cronograma para voltar à vida normal, mas deve ser um plano que não terá que ser revogado depois de alguns dias”.

Pessoas em metrô na Alemanha

Foto: Reprodução/Matthias Berg/Flickr

Ainda de acordo com o ministro, o governo federal deve ser capaz de delinear “passos claros e corajosos rumo à abertura” para o final de maio, permitindo que restaurantes reorganizem seus planos de reabertura e que cidadãos planejem seus feriados.

A Alemanha luta para conter uma terceira onda da pandemia, e tem seus esforços dificultados pela variante B117 da covid – mutação de alto potencial contagioso surgida no Reino Unido – e pela lentidão da campanha nacional de imunização, que já chegou a ser exemplo no início da pandemia.

*Com informações da Reuters.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Putin e Biden poderão se reunir em junho, diz conselheiro do Kremlin

Oposição pede que reforma no apartamento de primeiro-ministro britânico seja investigada

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo: