Acusações de racismo feitas por Harry e Meghan trazem foco a briga na família real

Monarquia britânica encara danos internacionais e nacionais à sua imagem e à do país

Por: Larissa Placca | 10 março - 21:16

O desabafo de Harry e Meghan sobre racismo, devido a cor do filho do casal, e rejeição dentro da realeza saiu da esfera familiar e chega às mídias sociais.

Dois dias após a entrevista do casal, o Palácio de Buckingham se pronunciou dizendo que as questões raciais serão investigadas e tratadas “em particular” pela família real.

Foto: Agência Brasil/Divulgação

Durante a entrevista, os príncipes revelam que o racismo dentro da família motivou a decisão de deixar a realeza e o país. A rainha se disse preocupada com as revelações do casal de que um membro da família se mostrou apreensivo pela cor de pele do filho do casal que estava para nascer.

Os súditos da rainha criticam as declarações da duquesa e do príncipe. Segundo o premiê Boris Johnson “Harry está explodindo sua família, fazendo o que Meghan quer”, além de dirigir elogios à rainha Elizabeth.

Na sociedade britânica, uma pesquisa do YouGov realizada após a entrevista de Oprah Winfrey, na qual o casal contou sobre o incomodo com a família real, mostrou o público dividido em relação ao tratamento dado a Harry e Meghan pela realeza: 36% tendem a ficar do lado da rainha Elizabeth II e 22%, com o casal.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Brasil ultrapassa EUA em mortes diárias por covid-19

Felipe Neto responde acusação do vereador Carlos Bolsonaro sobre denúncia de Crime Cibernético

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você