8 pessoas morrem durante tiroteio em posto da FedEx em Indianápolis, nos Estados Unidos

De acordo com a polícia local, o atirador se matou na cena do crime; quatro pessoas foram hospitalizadas

Por: Leonardo Fernandes | 16 abril - 07:28

Um tiroteio na noite de quinta-feira (15) deixou 8 mortos num posto da empresa de transporte FedEx, na cidade de Indianápolis, nos Estados Unidos. De acordo com a polícia local, o atirador responsável pelo ataque se matou na cena do crime. O local fica próximo do Aeroporto Internacional de Indianápolis, no estado de Indiana.

Algumas pessoas ficaram feridas após o tiroteio, e 4 foram hospitalizadas, incluindo uma em estado grave. Outras duas foram tratadas no local, e então liberadas. O suspeito do crime não foi imediatamente identificado, e os investigadores ainda estão no processo de conduzir entrevistas e coletar informações, de acordo com a Associated Press.

Segundo a porta-voz da polícia de Indianápolis, Geane Cook, as autoridades ainda estão tentando descobrir a exata motivação para o incidente. “As autoridades responderam ao chamado por volta das 23h (local), chegaram e fizeram seu trabalho. Muitos estão tentando enfrentar a situação, porque não é uma cena que as pessoas gostariam de encontrar”, disse a policial.

A FedEx divulgou uma nota sobre o tiroteio, dizendo que está cooperando com a polícia e trabalhando para adquirir maiores informações. “Estamos cientes do trágico tiroteio em nossa base da FedEx próxima ao aeroporto. Segurança é a nossa maior prioridade, e nossos sentimentos estão com aqueles que foram afetados pelo ocorrido”, escreveu a empresa.

Uma testemunha que diz trabalhar no local falou que chegou a ver o homem com a arma, antes de escutar uma série de tiros. “Vi um homem com uma arma parecida com um rifle automático, e ele estava atirando na entrada”, disse Jeremiah Miller à imprensa.

Familiares das vítimas foram reunidos num hotel local para aguardar informações a respeito de seus entes queridos. De acordo com a emissora WTHR-TV, os funcionários da empresa não são autorizados a usar os celulares durante o expediente, e isto dificulta o contato com muitos deles no momento.

O tiroteio ocorre após uma série de outros ataques do mesmo tipo, que aconteceram nos Estados Unidos recentemente. No dia 12 de abril, a polícia local de Knoxville informou que um tiroteio numa escola municipal de ensino médio deixou um morto e outros feridos; e no dia 8, um atirador abriu fogo contra um comércio da cidade de Bryan, no estado do Texas, onde uma pessoa morreu e ao menos 6 ficaram feridas.

*Com informações da Associated Press e da CNN Brasil

Leia mais notícias:

Tiroteio na Califórnia deixa 4 mortos, incluindo uma criança

Tiroteio em casas de massagem deixam mortos e feridos nos EUA

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você