Segundo pesquisa do PoderData, Moro e Dória têm maior rejeição para 2022

Ex-juiz federal da Lava Jato têm 60% de rejeição e 65% não votariam no atual governador

Por: Marina Correa de Genaro | 18 março - 15:55

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro e o atual governador de São Paulo, João Dória (PSDB), são os dois possíveis candidatos à Presidência da República com maior rejeição a 1 ano e meio das eleições de 2022.

Segundo pesquisa realizada pelo PoderData nesta semana em todo o país, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem a menor rejeição entre os concorrentes.

Se a eleição presidencial fosse realizada hoje, Jair Bolsonaro (sem partido) iria para o 2° turno com Lula (PT). O atual presidente tem 30% e o petista 34%. Depois de Lula e Bolsonaro, todos os demais candidatos testados ficam com menos de 10%. O ex-juiz federal da Lava Jato Sergio Moro (sem partido) tem 6%, depois Ciro Gomes (PDT) com 5%, o empresário e apresentador da TV Globo, Luciano Hulk (sem partido) fica com 4% e o governador de São Paulo, João Dória (PSDB) 3%.

A pesquisa do PoderData foi realizada de 15 a 17 de março de 2021, ouviu 3.500 pessoas com 16 anos ou mais em 545 cidades de todas as 27 unidades da Federação.

A margem de erro é de 1,8 ponto percentual.

LEIA MAIS:

Lula e Ciro venceriam Jair Bolsonaro no 2º turno, aponta pesquisa da PoderData

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:


Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você