Secretário de Saúde aponta medida suspensão das aulas presenciais em SP

A medida encontra resistência na pasta de Educação

Por: Bianca Antunes | 02 março - 19:45

O secretário Jean Gorinchteyn, na manhã desta terça-feira (2), informou que a Secretaria de Saúde do estado de São Paulo vai pedir ao Centro de Contigenciamento do Coronavírus para suspender as aulas presenciais.

Segundo o secretário, é necessário reduzir a circulação de pessoas diante do aumento de casos de contaminados pelo Covid-19. “É um tema que a gente realmente está discutindo. Se nós estamos entendo que as pessoas estão ameaçadas frente ao vírus, frente a um colapso, nós temos que reavaliar a circulação das pessoas em situações que poderiam ser evitadas, uma delas é a questão da escola”, afirmou.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

MAIS DE CORONAVÍRUS:

São Paulo abrirá 4 novos postos de vacinação drive-thru

Globo faz teste de Covid em todos os participantes

Gorinchteyn afirmou que a escola, em si, não se configura um local de contaminação. A preocupação seria o deslocamento de funcionários, pais e alunos, principalmente em transportes públicos, onde há grande exposição ao vírus. Mesmo assim, a medida encontra resistência na pasta de Educação, que acredita que uma nova suspensão pode trazer prejuízos pedagógicos. aos alunos

A possível suspensão deve ser discutida nos próximos dias, junto à equipe de controle da pandemia do governo João Doria (PSDB). Atualmente, há nove escolas com as aulas suspensas por conta de casos do Coronavírus.

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você