Cidades da Região Metropolitana de SP suspendem totalmente as aulas

Todas as escolas, públicas e privadas, serão fechadas. A decisão é devido ao avanço do Covid

Por: Larissa Placca | 05 março - 21:51

No total, dez cidades da Região Metropolitana de SP decidem nesta sexta-feira (5) suspender por completo a volta das aulas presenciais, devido ao aumento de casos de Covid-19 no estado de São Paulo.

O Estado de São Paulo regrediu à fase vermelha, a mais restritiva do isolamento. A medida entra em vigor no sábado (6) e deve durar até 19 de março. O Governador, João Doria (PSDB), incluiu as escolas como serviço essencial para atender as crianças e famílias que não tem estrutura para as aulas à distância.

Foto: PMMC/Divulgação Prefeitura Mogi das Cruzes

A decisão vai contra a orientação do Plano São Paulo, que permite manter as aulas presenciais durante a fase vermelha como serviço essencial.

As escolas nas cidades Cotia, Ribeirão Pires, Guararema, Diadema, Poá, Caieiras, Suzano, Mauá, Francisco Morato e Mogi das Cruzes, tanto as públicas das redes estadual e municipal, e também da rede privada, serão fechadas a partir da segunda-feira (8).

As cidades podem optar por manter as aulas presenciais com o limite máximo de 35% da capacidade. Na quarta-feira (3), o governador João Doria (PSDB) anunciou que as escolas das redes públicas estadual e municipal e da rede privada devem permanecer abertas para atender estudantes em situação de vulnerabilidade.

Quem pode assistir às aulas presencialmente na fase vermelha em SP:

Segundo Rossieli Soares, secretário estadual da Educação, a prioridade para ir às aulas presencialmente será para alunos com:

  1. Dificuldade de acesso à tecnologia
  2. Severa defasagem de aprendizado
  3. Saúde mental em risco
  4. Alunos cujos responsáveis trabalhem em serviços essenciais
  5. Alimentação será oferecida normalmente para todos os alunos que irem até à escola, mesmo sem assistir às aulas.

LEIA MAIS NOTÍCIAS

Metade dos alunos da rede estadual de SP não acessou às aulas a distância em 2020

Escolas em SP funcionarão na fase vermelha

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você