Câmara dos Deputados deve debater educação domiciliar na primeira infância

Audiência deve ser realizada amanhã (9) para discussão sobre o chamado “homeschooling”

Por: Murilo Amaral Feijó | 08 abril - 18:06

Na próxima sexta-feira (9), o Departamento de Comissões da Câmara dos Deputados, através de uma audiência pública, deve debater a educação domiciliar, ou “homeschooling”, durante a primeira infância.

O governo federal prevê aprovação do projeto ainda no primeiro semestre deste ano e o modelo já tem apoio do ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Foto: Divulgação/Pixabay

Atualmente, o modelo de ensino domiciliar não é permitido no Brasil, mas o governo pretende legalizar a prática criticada por profissionais da educação.

O Projeto de Lei 3.179/12 é de autoria do deputado Lincoln Portela (PL-MG) e possibilita o oferecimento da educação básica em casa sob a responsabilidade dos pais do aluno ou de tutores legais. Neste caso, o poder público realizará supervisões e avaliações periódicas da aprendizagem do aluno.

O deputado Portela defende “o direito de famílias que optam por educar os filhos longe da escola”.

No último dia 26 de março, uma pesquisa do DataSenado indicou que o número de brasileiros que apoiam o método de “homeschooling” aumentou.

Porém, críticos do projeto apontam que serão interferidas “a qualidade do aprendizado e a alta de visões de mundo diferentes que o convívio escolar pode proporcionar”.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias

LEIA MAIS NOTÍCIAS

46% dos jovens não confiam nas vacinas, revela pesquisa

Idosa de 104 anos vence covid-19 pela segunda vez

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você