Volvo e Scania suspendem produção com a piora da pandemia

Falta de peças também é um dos motivos para suspender as atividades

Por: Aline Bueno Silvestre | 22 março - 21:06

A partir de terça-feira (23), a Volvo, empresa sueca fundada em 1926, vai suspender as atividades da maior parte da produção de caminhões em Curitiba. 

O motivo foi o agravamento da pandemia juntamente com falta de peças, principalmente componentes eletrônicos. A suspensão atinge cerca de 2 mil funcionários, dos 3,7 mil e deve durar até o final do mês.

Volvo e Scania suspendem produção por falta de peças e piora da pandemia

Foto: Reprodução/Pixabay

A empresa disse que deve manter boa parte da linha de montagem de ônibus e apenas uma parte dos caminhões, que terão 70% de redução. 

Além disso, a Scania, também sueca, anunciou que também vai suspender as atividades. A ação deve durar da sexta-feira (26) até dia 5 de abril. Porém, essa ação deve afetar a maioria dos 4 mil funcionários. 

Depois do anúncio de 12 dias de suspensão da Volkswagen, sindicatos dos metalúrgicos pressionam para que outras montadoras também paralisem os trabalhos.

LEIA MAIS:

Setor funerário se prepara para alta de mortes por covid-19

Relator da Reforma Administrativa quer o texto votado ainda nesta semana

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você